REGISTRO DE IMÓVEIS DE MUZAMBINHO

Livro 3-N, página 155:

TRANSCRIÇÃO DAS TRANSMISSÕES


NÚMERO DE ORDEM: 4079

DATA: 2 de maio de 1942

CIRCUNSCRIÇÃO OU DISTRITO: Muzambinho

DENOMINAÇÃO OU RUA E NÚMERO: Guaritá

CARACTERÍSTICAS E CONFRONTAÇÕES: Uma sorte de terras de 4 alqueires havida por herança de Joaquim Antonio Bueno, inventário processado em 1904...

NOME, DOMICÍLIO E PROFISSÃO DO ADQUIRENTE: Daniel Bueno da Silva, maior, solteiro, lavrador.

NOME, DOMICÍLIO E PROFISSÃO DOS TRANSMITENTES: Ananias Bueno de Azeredo e sua mulher Dona Ana Deolinda de Jesus.


NÚMERO DE ORDEM: 4080

DATA: 2 de maio de 1942

CIRCUNSCRIÇÃO OU DISTRITO: Muzambinho

DENOMINAÇÃO OU RUA E NÚMERO: Guaritá

CARACTERÍSTICAS E CONFRONTAÇÕES: Uma sorte de terras de 5 alqueires havida por herança de Joaquim Antonio Bueno, inventário processado em 1904...

NOME, DOMICÍLIO E PROFISSÃO DO ADQUIRENTE: Joaquim Bueno da Silva, maior, solteiro, lavrador.

NOME, DOMICÍLIO E PROFISSÃO DOS TRANSMITENTES: Ananias Bueno de Azeredo e sua mulher Dona Ana Deolinda de Jesus.


NÚMERO DE ORDEM: 4081

DATA: 2 de maio de 1942

CIRCUNSCRIÇÃO OU DISTRITO: Muzambinho

DENOMINAÇÃO OU RUA E NÚMERO: Guaritá

CARACTERÍSTICAS E CONFRONTAÇÕES: Uma sorte de terras de 4 alqueires havida por herança de Joaquim Antonio Bueno, inventário processado em 1904...

NOME, DOMICÍLIO E PROFISSÃO DO ADQUIRENTE: Matias Bueno da Silva, casado, lavrador.

NOME, DOMICÍLIO E PROFISSÃO DOS TRANSMITENTES: Ananias Bueno de Azeredo e sua mulher Dona Ana Deolinda de Jesus.


NÚMERO DE ORDEM: 4082

DATA: 2 de maio de 1942

CIRCUNSCRIÇÃO OU DISTRITO: Muzambinho, Monte Belo e Juruaia

DENOMINAÇÃO OU RUA E NÚMERO: Guaritá, Pinhal, Sanharão, Guiné e Palmeiras.

CARACTERÍSTICAS E CONFRONTAÇÕES: Pagamento n° 1 a João Vieira da Fonseca, no valor de 44:200$000. Deu-se: a casa da fazenda "Pinhal" onde o mesmo reside, avaliada por 4:000$000; um paiol em terrenos de José Ananias Bueno, por 300$000; 3500 cafeeiros, por 2:700$000 em terreno de José Ananias Bueno, e uma gleba de terras com 64 alqueires e 95 centésimos, na Fazenda Pinhal, no valor de 37:200$000, confrontando com José Bueno de Araújo, Agostinho dos Reis, Manoel Teixeira da Silva, João Vieira, José Candido e Aristóteles Bueno. Pagamento n° 2 a José Ananias Bueno e sua mulher Dona Sebastiana Vieira Bueno, no valor de 44:200$000. Deu-se: uma casa na fazenda "Guaritá" avaliada por 4:000$000; 6 casas de colonos, na mesma fazenda, por 1:200$000 as seis; 3500 cafeeiros avaliados a $200 o pé, no valor de 700$000; e uma gleba de terras na fazenda "Guaritá", no valor de 38:300$000, tendo a área de 56 alqueires e 36 centésimos, confrontando com Francisco Olívio Bueno, Manoel Francisco de Rezende e Matias Bueno. (AVERBAÇÃO: 15 alqueires, 40.80.00, livro 3-U, fls 193, n° 12.419, em 21.1.60 e 3-V, fl 175, n° 13.207, em 21.3.62). Pagamento n° 3 a Matias Bueno da Silva e sua mulher Dona Gecelda Alvina Bueno, no valor de 44$200, digo 44:200$000. Deu-se: a casa onde reside, na fazenda "Guaritá", avaliada por 3:200$000; 3500 cafeeiros em terrenos de José Ananias Bueno, avaliados a $200 o pé, no valor de 700$000; uma gleba de terras na mesma fazenda "Guaritá", com a área de 53 alqueires e 41 centésimos, confrontando com Ananias Bueno Filho, o mesmo Matias Bueno, Daniel Bueno da Silva, Joaquim Bueno da Silva, José Ananias Bueno, sucessores de Manoel Francisco de Rezende e Agostinho dos Reis, avaliada por 35:781$000; mais uma gleba de terras na mesma fazenda "Guaritá", com 7 alqueires e 53 centésimos, confrontando com João Vieira, o mesmo Matias Bueno da Silva e José Bueno de Araújo, avaliada por 4:518$000. Pagamento n° 4 à Dona Josefina Bueno de Araújo, viúva, filha dos doadores, no valor de 44:200$000. Deu-se: 2 casinhas para colonos, na fazenda "Guaritá", por 300$000; 14275 cafeeiros, na mesma fazenda "Guaritá", a 300$000 o pé, no valor de 4:282$500; uma gleba de terras, sita na mesma fazenda "Guaritá", com a área de 32 alqueires e 60 centésimos, confrontando com Francisco Olívio Bueno, Daniel Bueno da Silva, Ananias Bueno da Silva, digo Ananias Bueno Filho, Josefina Bueno de Araújo e seus filhos, e p, digo, avaliada por 19:560$000 e para completar o seu pagamento mais a quantia de 20:057$500 que os outorgantes doadores já lhe deram anteriormente, em dinheiro de contado. Pagamento número cinco (5) a José Bueno de Araújo e sua mulher Dona Jovina Bueno de Jesus, no valor de 44:200$000. Deu-se: a casa onde reside, na fazenda "Pinhal", no valor de 2:600$000; 3500 cafeeiros em terras de Francisco Olívio Bueno, a razão de $200 o pé, no valor de 700$000; uma gleba de terras com 18 alqueires e 75 centésimos, na fazenda "Guaritá", confrontando com Matias Bueno da Silva, João Vieira da Fonseca e José Candido, avaliada por 11:250$000; mais uma gleba de terras com a área de 36 alqueires e 72 centésimos, na fazenda "Pinhal", confrontando com João Vieira da Fonseca e sucessores de Francisco Gonçalves das Chagas, avaliada por 18:360$000; e para completar o seu pagamento, mais a quantia de 11:290$000 que os outorgantes doadores já lhes deram anteriormente em dinheiro de contado. Pagamento número seis (6) a Antonio Alves Moreira e sua mulher Dona Gumercinda Candida Bueno, no valor de 44:200$000. Deu-se: a casa onde reside, na fazenda "Sanharão", município de Monte Belo, no valor de 4:000$000; uma casa de colono, na fazenda "Guaritá", por 150$000; 3500 cafeeiros na fazenda "Guaritá", em terras de Francisco Olívio Bueno, a razão de $200 o pé, no valor de 700$000; uma gleba de terras com a área de 39 alqueires e 76 centésimos, na fazenda "Sanharão", município de Monte Belo, confrontando com Antonio Candido Bueno, Domingos do Prado, João Emerenciano, Maria Bueno e Osorio Pereira, avaliada por 23:856$000; e para completar o seu pagamento, mais a quantia de 15:494$000 que os outorgantes doadores já lhes deram anteriormente, em dinheiro de contado. Pagamento número sete (7) a Isaac Bueno da Silva e sua mulher Dona Maria Rita de Jesus no valor de 44:200$000. Deu-se: a roda d´água, no valor de 100$000, uma máquina "Singer", por 120$000; uma gleba de terras com a área de 35 alqueires, na fazenda "Guiné", distrito de Juruaia, confrontando com o mesmo Isaac Bueno da Silva, Matias Bueno da Silva, Carmino Silverio, Sebastião Gonçalves de Rezende e João Luiz, avaliada por 24:500$000 e para completar o seu pagamento, mais a quantia de 19:480$000 que os outorgantes doadores, já lhes deram anteriormente em dinheiro de contado. Pagamento número oito (8) a Francisco Olívio Bueno e sua mulher Dona Benvinda Ferreira Bueno, no valor de 44:200$000. Deu-se: a casa onde reside, na fazenda "Guaritá", avaliada por 1:745$000; 2 casas de colonos, na mesma fazenda, por 300$000; outra casa, na mesma fazenda, por 240$000; 3500 cafeeiros na fazenda "Guaritá", a razão de $200 o pé, no valor de 700$000; e uma gleba de terras na fazenda "Guaritá", confrontando com José Ananias Bueno, Josefina Bueno de Araújo, Daniel Bueno da Silva, Joaquim Matias da Silva, Matias Bueno da Silva, Antonio Vicente e Francisca Emília de Oliveira, com a área de 59 alqueires e 17 centésimos, avaliada por 38:460$500; e mais uma gleba de terras com a área de 6 alqueires e 12 centésimos, na fazenda "Guaritá", confrontando com João Ribeiro, Josefina Bueno de Araújo e João Batista da Silva, avaliada por 2:754$000. Pagamento n° nove (9) a Antonio Candido Bueno e sua mulher Dona Maria do Carmo Bueno, no valor de 44:200$000. Deu-se: a casa onde reside, na fazenda "Sanharão", município de Monte Belo, avaliada por 3:000$000; uma casa para colono, na mesma fazenda, por 200$000; 3500 cafeeiros em terras de Francisco Olívio Bueno, a razão de $200 o pé, no valor de 700$000; uma gleba de terras com a área de 56 alqueires e 4 centésimos na fazenda "Sanharão", no município de Monte Belo, confrontando com Antonio Alves Moreira, Domingos do Prado, Isaac Bueno, Antonio José Bueno, João Emerenciano e sucessores de Ildefonso Rocha, avaliada por 36:426$000; e para completar o seu pagamento, mais 3:874$000 que os outorgantes doadores, já lhes deram anteriormente, em dinheiro de contado. Pagamento número dez (10) a Ananias Bueno Filho e sua mulher Dona Mariana Vieira Bueno, no valor de 44:200$000. Deu-se: a casa onde reside na fazenda "Guaritá", por 4:000$000; uma casa velha, na mesma fazenda, por 360$000; 3500 cafeeiros em terras de José Ananias Bueno, a razão de $200 o pé, no valor de 700$000; uma gleba de terras com a área de 41 alqueires e 90 centésimos, confrontando com Matias Bueno da Silva, Josefina Bueno, João Ribeiro, Fazenda "Palmeiras", sucessores de Aristides Coimbra, e Manoel Teixeira da Silva, na fazenda "Guaritá", avaliada por 25:140$000, e mais uma gleba de terras com a área de 20 alqueires, na fazenda "Palmeiras", deste distrito, confrontando com Manoel Teixeira da Silva, João Vieira da Fonseca e Josefina Bueno de Araújo, avaliada por 14:000$000.

Nota: o pagamento de Dona Josefina Bueno de Araújo está isento de usufruto e os doadores reservam para si enquanto viverem o usufruto sobre os quinhões doados a seus filhos José Ananias Bueno, casado com Dona Sebastiana Vieira Bueno e Francisco Olívio Bueno, casado com Dona Benvinda Ferreira Bueno.

NOME, DOMICÍLO E PROFISSÃO DOS TRANSMITENTES: Doação feita por Ananias Bueno de Azeredo e sua mulher Dona Ana Deolinda de Jesus, feita a seus filhos e genros, conforme escritura pública lavrada pelo tabelião do 2° Ofício desta cidade, em 22 de janeiro de 1942, no livro n° , folhas 169 verso e 182 verso.

TÍTULO: Doação

FORMA, DATA E SERVENTUÁRIO QUE O FEZ: Escritura pública de doação, do tabelião Benjamin Rondinelli, do 2° Ofício desta cidade, lavrada em 22 de janeiro de 1942.

VALOR DO CONTRATO: Quatrocentos e Quarenta e Dois Contos de Réis 442:000$000

CONDIÇÕES DO CONTRATO: Pagou ½% para registro, conforme talões números 509.293, 52.183, 305.220 e 110.632, das Coletorias desta cidade e de Monte Belo, transcritos na escritura de doação.

Registro de Imóveis de Muzambinho - Livro 3-N, folha 155