BUENO

"O sobrenome Bueno é de origem espanhola e classificado como sendo de origem de alcunha. Embora a maioria dos sobrenomes derivados de alcunhas ou apelidos possam revelar algum aspecto da aparência física do portador original do nome ou possam aludir a uma característica da pessoa, outros nomes derivados de alcunhas se referem a uma peça de roupa em especial ou objeto favorito ou até a uma cor de preferência do portador do nome. No caso do sobrenome Bueno, este foi tirado diretamente da palavra castelhana "bueno" que significa "bom", ambas derivadas do latim "bonus".

Na Idade Média, quando surgiu o uso de sobrenomes no continente europeu, era prática comum adicionar ao nome de uma pessoa, um segundo nome descritivo para melhor identificação. Com respeito ao sobrenome Bueno, este se originou para identificar alguém que era de bom caráter. Uma das mais antigas referências a este nome ou a uma variante é o registro de um Rodrigo Bueno, pintor espanhol citado em 1570. Pesquisas continuam, e este nome pode ter sido documentado muito antes da data mencionada acima.

Portadores notáveis do sobrenome Bueno foram, entre outros: Jerônimo Bueno, conquistador brasileiro, falecido em 1683. Amador Bueno, O Aclamado. Francisco Bueno, juiz brasileiro citado em 1630.

O que teremos de mais importante que o nosso nome?

Bueno.- Hubo distintas casas solares con este nombre sin que tuvieran entre sí vínculo ni parentesco alguno. Una de las más antiguas radicó en Jaca (Huesca) y otra en Cadagua, en el valle de Mena (Burgos).

Los de Jaca traen: Escudo partido, 1° de plata; y 2° de gules.

Otros de Aragón traen: De gules, una cruz llana verada de azur y plata.

Los de Cadagua traen: De azur, cinco alabardas de oro puestas en sotuer. Bordura de plata con una parra frutada de sinople.

Los de Laredo (Santander) traen: De plata, una faja de gules acompañada en lo alto de un almacayo de lo mismo, y en lo bajo, de un lobo andante de sable siniestrado de una caldera de azur.

Los de San Pedro de Mata, en el partido judicial de Trujillo (Toledo) traen: De gules, vestido de un losanje de oro cargado con uncastillo de gules sobre ondas de agua de plata y azur; y cantonado de cuatro flores de lis de oro (fuera del losanje).

Os Bueno: Originários de Sevilha

BUENO DE RIBEIRA

Teve princípio esta família em Bartholomeu Bueno de Ribeira (natural de Sevilha) que veiu a S. Paulo em 1571 com seu pae Francisco Ramires de Pórros, e casou-se com Maria Pires f.a. de Salvador Pires e de Mecia Fernandes (ou Mecia ussú), n. p. de Salvador Pires e de Maria Rodrigues, n. m. de Antonio Fernandes e de Antonia Rodrigues, por esta, bisneta de Antonio Rodrigues e de Antonia Rodrigues, por esta, terneta do maioral de Ururay de nome Piquiroby, a pag. 47 d´este. Teve os seguintes filhos:

Amador Bueno de Ribeira

Francisco Bueno

Bartholomeu Bueno

Jeronimo Bueno

Maria de Ribeira

Messia de Ribeira

Izabel de Ribeira

Amador Bueno de Ribeira, capitão-mór e ouvidor da capitania de S. Vicente, cargo que occupou em 1627, foi acclamado rei em S. Paulo em 1641 pelo poderoso partido formado de influentes e ricos castelhanos, como foram os trez (pag. 419) irmãos Rendons da cidade de Coria; _ dom Francisco de Lemos, da cidade de Orens; dom Gabriel Ponce de Leon, natural de Guayra; dom Bartholomeu de Torales, de Villa Rica de Paraguay; dom André de Zunega e seu irmão dom Bartholomeu de Contreras y Torales; dom João de Espinola Gusmão, da província do Paraguay, e outros que subscreveram o termo de acclamação em 1641. Não só recusou essa honra, que queriam conferir-lhe, mas ainda, com a espada desembainhada, deu vivas, como leal vassallo, a dom João IV rei de Portugal, em quem restaurou-se a monarchia portugueza, depois de 60 annos de sujeição ao domínio dos reis de Castella. Por este acto e por outros serviços que prestou à patria, legou um nome immorredouro a seus descendentes e recebeu carta de el-rei agradecendo esse acto de lealdde. Foi casado com Bernarda Luiz f.a. de Domingos Luiz (o Carvoeiro), cavalleiro professo da ordem de Christo e de Anna Camacho, à pag. 81 d´este."

br.geocities.com/novaeramg/BUENO.htm